25/01/2016

Bicicleta na decoração!


Eu moro em SP e aqui é bem difícil conseguir guardar a bicicleta dentro de casa. Alguns apartamentos novos tem bicicletário, mas os antigos não! 

O que nos resta? Improvisar e decorar!

Quem não é visto não é lembrado, deixe a magrela exposta!

Separei algumas inspirações para vocês!

Via Eu vou de Bike!




via Api Notícias
Via Api Notícias
Via Cottage Market

Eu quero essa! Quem me dá???? 


Essa fofura é daqui: www.echovintage.com.br

Bicicleta na decoração? Sim. Se é pra ficar dentro de casa, que seja estilosa
Minha cara essa última bici mega fofa! 

Bem que eles poderiam mandar uma de presente pra mim!!!!

Naveguem no site, lá tem vitrolas e outros objetos para decoração.

Beijos e Feliz 2016



Salamanca


Hola, que tal?
Estou desaparecida, eu sei.
Não tenho muito tempo de responder os comentários e os e-mails fofos, isso eu também sei, mas vamos lá!
Explicações!
Eu resolvi tirar um tempo pra mim e fazer algumas viagens, por isso o blog anda paradinho. Viajar é preciso e eu tenho que confessar para vocês que assim como na decoração, eu economizo muito em cada viagem também.
Enquanto eu não reformo nada, resolvi compartilhar minhas viagens por aqui!

Vamos começar por Salamanca!

Esta foto é na Plaza Mayor, ponto de encontro de todos os estudantes. Salamanca é uma cidade universitária e eu não escolhi por acaso. Eu sempre disse que se eu fizesse um mestrado (eu sou formada em Direito e não em arquiteura hahaha) seria em algum lugar na Espanha e essa cidade era a primeira opção da minha lista. 
Eu não fiz o mestrado, mas estudei em Salamanca de qualquer forma. E agradeço cada segundo por ter conhecido esse lugar tão especial. Quem sabe um dia eu volte...
Estive por lá nos meses de agosto e setembro. Durante um mês eu estudei espanhol. A cidade é perfeita e fica a duas horas de carro de Madri e apenas a uma hora até a fronteira com Portugal.
Aos finais de semana, viajei para Lisboa e outras cidades próximas.
Eu estudei na escola mais fofinha da cidade, a Isla!
Eles foram fundamentais para minha experiência ter sido incrível.
Tem até um vídeo que o pessoal que estudou comigo fez. Assistam caso queiram sentir um pouco mais da escola e no final deste post tem o vídeo com as minhas fotos favoritas da viagem.



Eu fiquei em um flat ao lado da Isla, era tão pertinho que eu preparava o chá e levava minha caneca para aula. Apesar de ter ido no verão, às 9hs sempre estava frio! Eu estudava das 9hs até 13hs, depois eu preparava meu almoço, fazia a siesta ( maioria das lojas realmente fecham depois do almoço e eu soube lidar muito bem com isso!) e depois de acordar, lá pelas 15hs, eu saía para as "rebajas" (o mês de agosto é perfeito para quem quer fazer compras na Espanha, é o mês das liquidações e tudo é realmente muito barato. Fiz a festa!!!)



Eu cheguei na Espanha sem falar uma só palavra em espanhol (mentira, eu sabia falar somente a frase: No hablo nada) e voltei com vários amigos e enganando muito bem! Desde de adolescente tinha o sonho de fazer intercâmbio, mas a vida só me proporcionou isso agora e fazer tudo isso nesse exato momento tornou tudo mais especial. Ficar um mês em outro país e aprender outra língua foi uma das coisas mais incríveis que fiz até hoje. Nunca gostei da obrigação dos cursos de línguas. Sempre tive esse sonho de imersão e lá fui eu. Sozinha e sem hablar nada! #wanderlust
A primeira semana foi difícil, mas eu gosto de desafios. 
Quem acompanha o blog sabe disso!
Eu escolhi a Espanha porque não queria encontrar brasileiros. Eu queria falar espanhol o tempo todo e aproveitar ao máximo meu mês! Deu certo!
A Isla oferecia algumas atividades e eu sempre escolhia as aulas de culinária. Comi muito bem na Espanha e engordei é claro! Ganhei 2 kg em 3 semanas. Culpa da siesta! Depois da aula eu também escolhia algumas das piscinas da cidade para nadar, tomar sol e ler revistas espanholas :)

Para "adelgazar", emagrecer em espanhol, eu corria ou caminhava no parque e tinha que encarar esse pôr-do-sol horrível todo santo dia!!! Foi difícil.
Olhem a Anna, minha amiga italiana chegando atrasada para o nosso passeio! Combinamos de tirar fotos no Bairro Del Oeste, um roteiro nada turístico.








Sempre prometo pra Anna visitá-la. Eu sou louca para conhecer a Itália, mas antes eu preciso aprender a andar de moto, eu tenho algumas regras para viajar para determinados lugares. A regra da Itália é só ir quando eu puder andar de vespa. Para ir para França preciso terminar meu nível B1 no francês e por ai vai. Aos poucos eu conto todas as regras por aqui!!! 
A primeira regra louca eu cumpri, viajar sozinha para Espanha e aprender espanhol. A regra era ir sozinha! São desafios na verdade. São maneiras divertidas que eu encontrei para definir minhas metas a longo prazo!!! 
Outro momento da viagem que eu amei foi quando visitamos a fronteira entre Espanha e Portugal, em Miranda Del Doro, uma cidadezinha portuguesa linda pra caramba. Sobre esse passeio é melhor explicar com fotos...







No final do dia, jantamos em uma bodega. Bodegas são restaurantes subterrâneos bem famosos no interior da Espanha! 







A escolha da cidade foi fundamental para baixar os custos da viagem. Salamanca é uma cidade pequena, só usei táxi para ir até a estação de trem quando visitei Portugal e Madri. Todos os dias andava a pé e fazia várias atividades que a cidade oferecia por preços bem acessíveis. Eu não vou dar dicas e coisas assim, pois já existe muito blog bom fazendo isso. Esse post é só pra compartilhar essas fotos lindas e dar notícias! A foto abaixo é a vista do meu piso (como eles chamam apartamento lá)!
                                                                        


Plaza Maior
Mi casa!
Segóvia

Segóvia fica perto de Salamanca. Fomos com a Isla. A estrada foi uma das mais lindas que eu vi até hoje.  


A cidade é pequena e passamos apenas uma tarde.
Voltaria para passar outras tardes, com certeza. 


Conheço muita gente que tem medo do viajar só. E pra todas essas pessoas eu afirmo, é besteira deixar de viajar por falta de companhia. Com companhia é ótimo, mas caso não tenha seja a sua melhor companhia. Às vezes é preciso ficar só para descobrir isso!
Façam coisas que amam e encontrem pessoas na mesma sintonia!
Então, animaram?! Espero que sim. 
Eu sempre falo que quem quer arruma um jeito e quem não quer, inventa uma desculpa.
Se você terminou de ler esse post e pensou em fazer sua vida acontecer, parabéns!
Eu sonhei tanta coisa que parecia impossível e muita gente já deu risada das minhas loucuras.
Eu não sabia como seria fazer um intercâmbio depois de grandinha, mas encontrei pessoas de todas as idades, todas mesmo! Até uma senhora de 70 anos fez aula comigo. 

Nunca é tarde para aprender, viajar e viver.
Infelizmente, todos morrem, mas nem todos vivem. Vamos viver!

Espero que além de inspiração para o lar, terminem de ler esse post com muita vontade de viajar. 
Minha única dica: economize na casa, na vida, mas nunca deixe de viajar! E não precisa ser longe, sabe aquele parque legal, aquela cidade bacana, aquela praia, lugares que ficam todas pertinhos da sua casa!? Comece por eles. Seja turista na sua própria cidade, seja feliz em qualquer lugar, tenha esse olhar de viajante todos os dias, em qualquer lugar e surpreenda-se!

Pra quem quiser mais fotos, fiz um vídeo amador, mas com muito carinho com os melhores momentos da minha viagem. Inspirem-se! 


Eu contei com a ajuda da Língua Azul, uma agência de intercâmbio aqui de São Paulo para organizar parte da viagem, como a escolha da escola e moradia. 
Segue o link da agência, caso queiram mais informações: